Comemoração do 26 de Julho, referente ao Dia Mundial dos Avós

Alguns países do Mundo cristão, comemoram o 26 de Julho, como o dia consagrado aos Avós. A data, começou a ser recordada em Angola recentemente, e a AASTI, por ser uma Associação que presta serviços de apoio a terceira idade, juntou pelo menos 76 idosos, no Centro de Dia Kudissanga Kua Makota, localizado no Cassequel do Lourenço, onde, na presença de membros da direcção, e com o apoio dos técnicos sociais e trabalhadores, conviveram e almoçaram, seguindo de biossegurança as normas de prevenção da Covid-19.

Como de costume, as refeições foram servidas antecipadamente em marmitas individuais, com a particularidade de neste dia ter sido reforçada com outros produtos, incluindo sumo e o bolo partilhado que marcou a passagem de mais uma data em alusão aos feitos dos nossos avós, na constituição da família, formação de seus membros e da sustentabilidade dos valores, que passam de geração para geranção.

Dois membros da direcção, usaram da palavra, no início do acto, as senhoras Zenóbia Bessa, Vice-presidente e Teresa de Lemos, que em nome da direcção da AASTI, agradeceram a presença dos idosos, encorajando-os a participarem nas actividades diárias programadas no Centro de Dia.

Igualmente, passou-se uma mensagem de confiança para os idosos estarem unidos á direcção da AASTI e juntos serem ultrapassadas as dificuldades quer em termos de aquisição de produtos alimentares, assistência médico-medicamentosa, equipamentos e outros meios indispensáveis que contribuem para a acomodação dos nossos mais velhos, facilitando também o trabalho dos técnicos e trabalhadores.

Para acrescer, em dias anteriores á data, foi remetida aos meios de difusão massiva (rádios, estações televisivas, jornal de angola e Angop) uma nota informativa sobre a data, que foi divulgado em vários espaços da grelha de programação desses órgãos, com realce para Rádio Luanda que no mesmo dia entrevistou via telefone, a senhora Zenóbia Bessa, vice presidente que representava a Presidente da AASTI, senhora Emília de Almeida ausente do país, por algumas semanas

O acto que teve início cerca das 12 h00 e terminou às 14h30 minutos, com um registo de 85 pessoas no local, incluindo os idosos utentes do Centro de Dia, dos beneficiários na comunidade, assim como da presença dos membros da direcção, técnicos e trabalhadores, com firme certeza de que «SER AVÓ, É SER MÃE DUAS VEZES».

Vamos, pois, continuar a nossa missão, enaltecendo sempre, o papel preponderante que os Avós desempenham no seio das famílias Angolanas.

Setembro 27, 2021